6 ideias sobre “Por uma literatura perigosa

  1. adorei o título do post, afinal fica tudo muito dentro das linhas, respeitando limites. a literatura está precisando revolucionar, e já. a tirinha é muito legal, adorei.

    parabéns pelo blog!

  2. A leitura ela só é perigosa se vc não parar p/ refeltir enquanto está lendo ( não deixar a leitura colocar um cabresto ) vai lendo, lendo…daí a queda é provável,mas se vc ler e desgrudar-se um pouco e pensar, refletir e analisar o que lê, dificilmente vc cai. Bem, não sei se a tirinha quis significar isso, mas essa é minha análise do que vi nos quadrinhos acima.Resumindo, devemos ser céticos qd pegamos algo p/ ler. Apenas ir perdendo isso( ou não) conforme passamos as folhas do livro.
    Beijinhos!!

  3. Realmente excelente tira…
    Mostra realmente que a pessoa viaja nas ideias com muita criatividade, mas sem sair do contexto do assunto
    Abração a vc

  4. a coisa para o rapaz é mais fácil: quero dizer, tem o fim da tirinha bem diante de si e sabe por onde escapar.
    conosco, meu velho, a coisa é mais complicada: a ilusão do movimento (baratinhas tontas por um chão sem fim, nos dá a falsa impressão de que não há linhas, de que não estamos presos e uma viagem para o litoral vai aliviar tudo, você voltará outra, ana, vai ver só!
    vencer essa ilusão meu velho e romper essas linhas mais imaginárias (sim, muito mais) que as de nosso amigo.

    sobre o texto a que você se referiu (Os três mal-amados) talvez o título de meu texto o tenha feito lembrar-se dele? porque a estória em si não guarda (para a sorte do joão e minha tristeza) muita semelhança.

    um fortíssimo abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *